"Tá lá o corpo estendido no chão": uma análise do contexto dos homicídios processados no Tribunal do Júri de Campina Grande/PB

Autores

  • Diana Freitas de Andrade DPU

DOI:

https://doi.org/10.46901/revistadadpu.i15.p253-267

Palavras-chave:

Violência. Homicídio. Tribunal do júri.

Resumo

A violência tem ocupado um lugar central no debate político e científico contemporâneo. Neste artigo, este fenômeno é examinado a partir de uma forma específica da violência: os crimes de homicídio. Esse recorte se faz necessário porque nem todas as formas de violência são passíveis de registro e porque, mesmo nos casos em que existem esses assentamentos, os dados contabilizados representam apenas uma mínima parcela da violência realmente perpetrada. Este estudo se propõe a traçar o contexto de ocorrência de homicídios a partir da análise das informações coletadas nos processos judiciais do Tribunal do Júri de Campina Grande/PB, com crimes ocorridos entre os anos de 2000 a 2010. A amostra foi composta por 116 processos, foram analisados 289 sujeitos, sendo 173 réus e 136 vítimas. Analisando-se os dados, verificou-se que o homicídio é uma manifestação violenta que envolve pessoas cujos locais de residência se concentram em alguns bairros, sobretudo da Zona Oeste da cidade. Ademais, a constatação de que os bairros onde mora a maior parte de réus e vítimas também são aqueles onde mais ocorrem os homicídios indica a relevância dessa distribuição espacial dos assassinatos. Por outro lado, os crimes derivam de um amplo acesso a armas de fogo e, em algumas ocasiões, relacionam-se a contextos de uso de álcool e à dinâmica do tráfico e uso de drogas.O presente estudo se propõe traçar o contexto de ocorrência de homicídios, a partir da análise das informações coletadas nos processos judiciais do Tribunal do Júri de Campina Grande/PB, com crimes ocorridos entre os anos de 2000 a 2010. A amostra foi composta 116 processos, foram analisados 289 sujeitos, sendo 173 réus e 136 vítimas. Analisando-se os dados, verificou-se que o homicídio é uma manifestação violenta que envolve pessoas cujos locais de residência se concentram em alguns bairros, sobretudo da Zona Oeste da cidade. Ademais, a constatação de que os bairros onde mora a maior parte de réus e vítimas também são aqueles onde mais ocorrem os homicídios indica a relevância dessa distribuição espacial dos assassinatos. Por outro lado, os crimes derivam de um amplo acesso a armas de fogo e, em algumas ocasiões, relacionam-se a contextos de uso de álcool e à dinâmica do tráfico e uso de drogas.

Downloads

Publicado

06-07-2021

Como Citar

de Andrade, D. F. (2021). "Tá lá o corpo estendido no chão": uma análise do contexto dos homicídios processados no Tribunal do Júri de Campina Grande/PB. Revista Da Defensoria Pública Da União, (15), 253-267. https://doi.org/10.46901/revistadadpu.i15.p253-267